Arquivos do Blog

INRC – Bagé/RS: sobre atualizações da cultura gaúcha a partir do inventário das Lidas Campeiras no sul do Rio Grande do Sul

LogoINRC_out2012_curves
O Inventário Nacional de Referências Culturais- Lidas Campeiras na Região de Bagé/RS é ação realizada por equipe de antropólogos e historiadores da Universidade Federal de Pelotas, por intermédio do curso de Bacharelado em Antropologia, por solicitação, recursos e metodologia do IPHAN, no âmbito do PAC das cidades históricas. Objetiva realizar o inventário da cultura campeira, a partir de levantamento bibliográfico e etnográfico sobre as relações sociais entre homens, animais e utensílios envolvidos na produção pecuária extensiva no pampa sul-rio-grandense, fronteira com Argentina e Uruguai. A lida campeira é um conjunto de ofícios e modos de fazer que constitui o trabalho na pecuária extensiva no bioma pampa, área onde está situada a região de Bagé, município do estado brasileiro do Rio Grande do Sul. Entende-se por pecuária extensiva a criação, para fins lucrativos, de rebanhos de gado bovino, equino, ovino e, em menor escala, caprino, em propriedades rurais de pequena, média e grande extensão.

O Inventário Nacional de Referências Culturais – Bagé/RS é realizado por equipe de antropólogos, historiadores e geógrafos da Universidade Federal de Pelotas: Flávia Maria Silva Rieth (Coordenadora), Marília Floôr Kosby, Fabíola Mattos Pereira, Pablo Dobke, Liza Bilhalva Martins da Silva, Camile Vergara, Vanessa Ercolani Duarte, Marta Bonow Rodrigues, Cristiano Lemes da Silva, André Coser, Claudia Turra Magni (Consultora em Imagem), Erika Collisson (Consultora em Geografia) e Fernando Camargo (Consultor em História).

Anúncios